Luta por benefícios não é de agora!

A luta contra os impecílios não vem de agora. Já em 2010 na busca por melhorias salatiais enfrantamos ações excusas, clique e relembre.

Reunião com o "representante" para reivindicações - 2011

Em reunião com o "reprensentante" da categoria cobramos posiocionamento em relaçõa à algumas demandas pontuais em relaçõa à PMDF.

Primeira carreata da cobrança - maio de 2011

O RECADO FOI DADO, CARREATA DA COBRANÇA.

MAIS DE 10 MIL PMs E BOMBEIROS SE REÚNEM NA PRAÇA DO RELÓGIO

PARABÉNS AOS COLEGAS PELA DEMONSTRAÇÃO DE UNIÃO, PARTICIPAÇÃO E DISCIPLINA.

Várias reuniões em busca de melhorias para as categorias- 2012

Resultado da reunião com a bancada dos deputados federais e senadores do DF com o Movimento Unificado da PM e BM, ocorrida na Câmara dos Deputados.

Convocação para mobilização 2010

Sempre buscamos esclarecer e mostrar os melhores meios possíveis para o êxito das reividicações.

Maior assembleia PM e BM DF

PMs e Bombeiros Militares de Brasília realizam o maior movimento reivindicatório já registrado no DISTRITO FEDERAL.

terça-feira, 22 de julho de 2014

REVISTA ELETRÔNICA 120, REAJUSTE CONFIRMADO PELA JUSTIÇA

TERÇA-FEIRA, 22 DE JULHO DE 2014


Auxílios Moradia e Alimentação mantidos!!!

Conselho da Magistratura negou por unanimidade a liminar da ADI(Ação Direta de Inconstitucionalidade) referente aos auxílios Moradia a Alimentação reajustados recentemente via Decreto do GDF.


Vejam:

Sendo assim, fica mantido o reajuste do auxílio moradia a partir de 01 de Setembro.

LEIAM ESTA MATÉRIA PUBLICADA NO CORREIO BRASILIENSE DO DIA 21 DE JULHO DE 2014.


Segurança é bandeira eleitoral na corrida à Câmara Legislativa
Pelo menos 8% dos candidatos à CLDF são ligados a corporações como as polícias Civil e Militar ou ao Corpo de Bombeiros. Concorrentes vão debater assuntos como proteção da vida e do patrimônio

Publicação: 21/07/2014 06:45 Atualização: 
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/07/21/interna_cidadesdf,438329/seguranca-e-bandeira-eleitoral-na-corrida-a-camara-legislativa.shtml


A segurança pública exerce uma influência no eleitorado tão grande que, dos 24 distritais da atual legislatura, cinco exercem ou já exerceram funções policiais e de bombeiro militar, o que equivale a 20% da Casa. Todos foram eleitos para defender os interesses de suas corporações, especialmente em questões relativas à progressão na carreira funcional de militares e policiais civis. Dos 83 candidatos ligados à Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, 56 (67,4%) formam o “chapão militar” de candidatos de oposição.


O tenente Ricardo Pato (PR) liderou a Operação Tartaruga no ano passado (Carlos Moura/CB/D.A Press - 28/1/14)
O tenente Ricardo Pato (PR) liderou a Operação Tartaruga no ano passado

Entre eles está um dos representantes dos praças militares durante a Operação Tartaruga no ano passado. Edson Ricardo do Carmo, ou SubTenente Ricardo Pato, está filiado ao partido do candidato de oposição José Roberto Arruda, o PR. Na esteira do movimento grevista, ele não esconde que o intuito de sua candidatura é interligar a categoria e o governo. “Depois da Operação Tartaruga, apareço como um dos mais cotados dentro da PM para assumir essa representatividade na Câmara. Após 31 anos de serviço, acho que posso contribuir para resolver a divisão que existe entre os praças e os oficiais, que causa um sério prejuízo para a corporação”, diz.










quarta-feira, 16 de julho de 2014

REESTRUTURAÇÃO PRONTA, E AGORA? SERÁ ENCAMINHADA OU ENGAVETADA?

Confesso que me emocionei ao ver esta mensagem, muito obrigado, Deus está no controle de tudo, conto com vocês e seus famíliares. Deus abençoe a todos que estão comigo nesta luta.

wilson nogueira frança deixou um novo comentário sobre a sua postagem "REVISTA ELETRÔNICA 113, TUDO POSSO NAQUELE QUE ME ...": 

Irmão pato tenho certeza que esta categoria pode estar ainda sendo subestimada, mas quem é PM sabe que também somos cabeça dura fique certo que Deus está no controle de tudo não se preocupe; sei que dizer isto estando de fora desta situação parece fácil mas saiba que você vai ver a partir de agora que valeu a pena a sua luta "injusta batalha de Davi contra Golias" verdade é que não podemos nem reivindicar direitos cerceados somos ainda tratados como escravos enquanto outros roubam e vandalizam nosso país sendo tratados como coitadinhos cheios de direitos como se fossem pessoas de boa índole. Para todos existem direitos humanos menos para nós, más estamos juntos estou certo que cada policial militar vai saber discernir que não é o pato que está sendo intimado a responder perante o conselho mas todos os policiais que lutaram por melhorias salariais e até quem não reivindicou se deixarmos você afundar estaremos na verdade sendo desmoralizados como pessoa humana e afundando moralmente também, descansa, e espera que a recompensa virá, ainda que consigam algo contra ti tenho certeza que a resposta virá nas urnas. Agora não é hora de abaixar a cabeça não, tenha fé em Deus, levanta a cabeça você já venceu e não tem nada do que se envergonhar você não fez injustiça alguma você é um cidadão de bem "se te mostrares frouxo na batalha pouca será a sua força", O importante agora é buscar a Deus em oração e confiar que ele vai entrar nesta fornalha contigo e você não vai se queimar, Paz seja contigo e com sua família estou orando por vocês e também vou ajudar, e quem não tiver pecado algum vai ter que te atirar a primeira pedra, Jesus vos ama muito. 




Postado por wilson nogueira frança no blog RICARDO (PATO) PMDF em 7 de junho de 2014 01:08


CONVITE
Convido a todos os meus amigos a participarem do lançamento da minha campanha no próximo domingo a partir das 10:00 horas, na EQNM 5/7 CEILANDIA SUL RUA DA ADMINISTRAÇÃO, conto com a presença de todos.


PM e bombeiros entregam ao governo proposta para reestruturar carreira

REVISTA ELETRÔNICA 119, ASSISTAM E VEJAM O QUE DIZ RICARDO PATO SOBRE A REESTRUTURAÇÃO.

Documento, que prevê melhorias para as duas corporações, será avaliado pelos governos local e federal antes de chegar ao Congresso Nacional

Publicação: 15/07/2014 20:38 Atualização:

Um estudo técnico para reestruturar as carreiras da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) foi entregue, nesta terça-feira (15), ao governador Agnelo Queiroz, em reunião no Palácio do Buriti. A reestruturação era uma das reivindicações da categoria, que fez "operação tartaruga" no começo do ano.

 (Agência Brasília/ Divulgação)


O documento, elaborado pelas corporações, tem 144 artigos e aproximadamente 90 páginas e será, agora, analisado pelo governo. Entre as principais propostas estão o retorno do auxílio para inativos, já que esse segmento perde benefícios após a aposentadoria, e mudanças no processo de promoção dos praças.



Integrante da comissão responsável por elaborar o estudo, o coronel da PM Marcos Nunes lembrou que um soldado leva, no mínimo, 28 anos para subir ao posto de subtenente.



”Com a nova proposta, serão promovidos cursos a cada quatro anos, e o tempo seria reduzido para 20 anos. Além disso, a promoção não mais dependerá de vagas”, destacou o coronel Nunes.



Segundo ele, a medida permitirá que os militares mais antigos ascendam para a carreira do oficialato. Outro benefício seria a redução do tempo de carreira das mulheres para 25 anos.


“Nosso compromisso de fortalecimento da Segurança Pública é inequívoco, o que é comprovado pelo nosso esforço para investir em recursos materiais e humanos e melhorar a carreira”, destacou o governador, ao lado vice, Tadeu Filippelli.

Para o comandante geral da PM, o que se busca é modernizar o modelo de gestão. “Já mostramos nossa capacidade na Copa do Mundo. Agora, queremos dar às nossas forças o que elas merecem”, disse o comandante.

O comandante-geral do CBM, Júlio Cesar, acrescentou que a reestruturação trará mais qualidade e eficiência no atendimento às necessidades do cidadão.

O vice-presidente da Associação dos Policiais e Bombeiros (Aspra), sargento Manoel Sansão, destacou o debate democrático das propostas, que incluiu representantes de todas as categorias: “Acredito que essa proposta é inédita e atende ao interesse de todos, inclusive o da sociedade, que precisa desses serviços bem estruturados”.

Após análise do texto pela Secretaria de Administração Pública (Seap) e a Secretaria de Fazenda, o GDF encaminhará uma proposta à Casa Civil da Presidência da República para ser encaminhado ao Congresso Nacional para votação.





NÃO LI O PROJETO MAS, PELO QUE TOMEI CONHECIMENTO ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS GOSTARIA DE DEIXAR ALGUMAS SUGESTÕES, NÃO DEIXEM DE LER O TEXTO ABAIXO E PODEM CONTAR COMIGO SE PRECISARMOS IR NAS AUTORIDADES E SOLICITARMOS MUDANÇAS NA REESTRUTURAÇÃO ANTES QUE ELA SEJA ENCAMINHADA, SE É QUE VAI SER.

Comentários:
Enfim, a reestruturação deixou de ser suposição e passou a ser um fato, agora, agora antes de ser encaminhada deve ser publicada nas redes sociais para conhecimento de todos e ouvir a opinião dos praças das duas corporações,   tendo em vista não termos conhecimento do conteúdo do texto em sua íntegra para podermos dar nossas sugestões, sempre no intuito de podermos ajudar na elaboração de um projeto tão importante que mudará nossas vidas, só não podemos correr riscos da nossa carreira ficar pior. Não li o texto original, mas, pelo que está postado nos veículos de comunicações, ainda precisa de alguns ajustes, ontem recebi um telefonema de um amigo especialista informando que o quadro dos músicos, enfermeiros, armeiros, mecânicos e outros não sendo contemplados com nada, e esses quadros entrarão em extinção, se for assim, precisamos nos reunir e fazermos uma proposta para ser acrescentada ao projeto original, eu me coloco a disposição dos senhores e tenho o local para nos reunirmos, se for de interesse de todos. No geral pelo que li, vejo que tivemos avanços, como a promoção independente de vagas até subtenentes, o pagamento de um auxílio aos nossos aposentados para compensar a perda do auxílio alimentação ao passar para a inatividade, a promoção automática ao policial e bombeiro que completar 30 anos de serviço, enfim, com alguns ajustes, acredito que podemos chegar próximo a um plano que venha satisfazer praças e oficiais, não sei como ficará o quadro dos oficiais administrativos e tão pouco o processo de acensão profissional ao oficialato, mas, sempre defendi a promoção só por antiguidade, sou contra qualquer tipo de prova com intuito de promoção a qualquer posto ou graduação, promoção é direito de todos, também defendo a promoção de três em três anos com redução de interstício toda vez que houver vagas, não sendo facultado ao comando essa redução mas, sendo uma obrigação toda vez que houver vagas reduzir o interstício, e o mais importante, estamos perdendo uma grande oportunidade de implantarmos a carreira única, onde o policial entra como soldado e chega ao posto de coronel e mexermos no escalonamento vertical colocando as diferenças salariais entre postos e graduações em percentuais, de modo que um soldado não ganhasse menos que 45% do salário de um Coronel, essas são lutas que vamos ter que travar mais a frente por ter grande resistência por parte dos coronéis da PM e do Corpo de Bombeiros. Por isso no dia 5 de outubro saiba quem vai escolher para te representar. Quanto aos auxílios deveriam ter sido todos equiparados aos valores pagos aos coronéis, como o fardamento, natalidade, funeral, etc, não concordo que deva haver diferença, e o governo deveria aproveitar a oportunidade e cumprir o acordo feito ao Fórum das Associações, quando assinou uma carta compromisso se comprometendo a fazer a equivalência dos cursos para nossos policiais aposentados assim como acontecesse no corpo de bombeiros, a diminuição da carga horária do serviço voluntário de oito para seis horas, portanto, essas são  algumas propostas que sempre defendi e continuarei defendendo, para melhorar a vida dos nossos aposentados e praças da PM e do Corpo de Bombeiros que sempre lutam e reivindicam e ficam sempre com a pior parcela dos benefícios, assim como aconteceu com o reajuste no auxílio moradia,  espero que as autoridades que acompanham este blog. há anos, façam as alterações necessárias para não termos que travar uma luta no congresso nacional como aconteceu na elaboração da lei 12086. Recomendo não encaminharem esse projeto sem que ocorram essas alterações para não darem outro tiro no pé, pensando que estão agradando e no final estão gerando animosidade entre os pares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares do Distrito Federal.
EMAIL - ricardopato11@hotmail.com
tel. e wat zap - 84280794. 
sejam amigos do ricardo pato no facebook.




sábado, 12 de julho de 2014

SAIBAM COMO FOI A SAGA PARA APROVAÇÃO DA LEI 12086

Boa noite amigos policiais, bombeiros e a todos que acompanham meu blog. nesta publicação estarei dando continuidade a minha participação nas lutas por melhorias salariais, reestruturação da carreira dos PMs e CBMs, bem como melhores condições de trabalho. Recomendo que leiam esta história, quem já conhece relembrará essa luta histórica e quem não conhece terá a oportunidade de saber como foi a luta para aprovação da lei 12086.

CONTINUAÇÃO DAS LUTAS POR REAJUSTES SALARIAIS.
Ainda no ano de 2008, iniciamos os debates no auditório do comando geral da PMDF, com relação a propostas a serem colocadas no plano de carreira dos policiais e bombeiros, foram várias reuniões durante quase dois anos de debates, algumas bem calorosas, mas,  o projeto ia se desenvolvendo, em 2009,  o projeto foi concluído pelo fórum das associações, comando geral da PM e do Corpo de Bombeiros e foi entregue a casa militar, após ficar três meses trancado a sete chaves nas mãos dos oficiais da casa militar onde só quem tinham acesso eram os deputados Patrício e Alberto Fraga por serem os dois representantes eleitos e pelos oficiais superiores das duas corporações, o Fórum das Associações seguiam cobrando do governo que mostrasse o que estava sendo modificado no projeto original entregue a eles, mas, continuavam irredutíveis, até que encaminharam para o congresso nacional, ao tomarmos conhecimento do nosso plano de carreira constatamos que muita coisa foi modificado, daí começamos a luta para tentarmos colocar emendas para que pudesse amenizar as perdas que estávamos obtendo com a nova redação dada ao plano. O deputado federal Laerte Bessa foi escolhido para ser o relator do nosso plano de carreira e foi graças a ele que a coisa melhorou um pouco, isso após travar uma guerra nos bastidores para aprovar as emendada apresentadas pelos presidentes das associações que viabilizaria uma melhor projeção profissional e também salarial, como as que apresentei abaixo, onde algumas o deputado Laerte Bessa conseguiu colocar no projeto 5664/2009 que mais tarde viria se tornar a lei 12086/2009. 

 Plano de Cargos e Salarios
PROPOSTAS APRESENTADAS PELO SGT RICARDO PATO COMO EMENDA AO PCS DA PMDF e CBMDF  COM O APOIO DO FÓRUM DAS ASSOCIAÇÕES AO DEPUTADO LAERTE BESSA .




1.Que as promoções para oficiais e praças da PMDF e CBMDF aconteçam tão somente por antiguidade em todos os postos e graduações; (foi aprovado a promoção por antiguidade somente para os praças), 


2. Que o quadro de oficiais QOPMA permaneçam nos moldes como sempre foi, não dividindo em dois grupos como encontrava-se no PCS. (Não justifica mexer em um quadro que nunca apresentou problemas aos intergrantes das duas corporações), a proposta foi aceita o quadro não foi alterado.


3. Após cumprir o interstício, a promoção aconteça independente de vagas, para evitar travamento nas promoções e futuramente se faça necessário fazer um novo realinhamento, (Essa proposta não foi aprovada e hoje já existe policiais e bombeiros deixando de ser promovidos mesmo existindo vagas, iniciando processo de travamento dos quadros o qual também causa prejuízo financeiro para militares das corporações).

4. Que as vagas dos oficiais QOPMA e especialistas ocorram por antiguidade,

5. Que o policial militar ou bombeiro militar que se encontra de restrição médica temporária ou permanente, não possa ser impedido de ser promovido ou de freqüêntar cursos que venha lhes proporcionar promoções ou ascensão profissional, (proposta aprovada na lei 12086)


6. Que o governo possa optar pela compra da licença especial parcial ou integral, (ao completar 30 anos de efetivo serviço as licenças podem ser vendidas). proposta aprovada na lei 12086.

7. Que o policial ao passar para a inatividade possa receber o auxílio rancho como gratificação de inatividade, deste modo, não está criando encargos para o governo, porque ele já paga essa gratificação, ela simplesmente passaria para o contracheque com outro nome,

8. Criação do curso de altos estudos para as praças, sendo requisito para a promoção a subtente, (proposta aprovada na lei 12086).


9. Que aconteça um novo realinhamento, de modo que a pirâmide aumente mais o número de vagas para cima de modo a evitar o travamento nas promoções, (proposta aprovada, o quadro de subtenentes e sargentes saiu de 1500 vagas para mais de 7000 mil vagas, foram criadas mais de cinco mil novas vagas para praças.)


10. Criar 06 vagas de TC QOPMA para trabalharem nas diretorias, 


Observação: Todas as propostas em vermelho foram aprovadas e hoje é Lei.


    Sinto-me feliz em poder ter contribuido pela melhoria de vida e ascensão profissional dos meus companheiros de farda, e a luta não terminou, em 2010 tenho participado ativamente da proposta de aumento salarial de 33%(GCEF), sendo 5%(2010), 14%(2011),14% (2012), tudo isso só possível dos meus companheiros presidentes das associações que compnhem o Fórum e do Deputado Laerte Bessa.

DOCUMENTOS ORIGINAIS QUE ORIGINARAM NAS PROPOSTAS CITADAS ACIMA E QUE HOJE VÁRIAS DELAS ESTÃO APROVADAS NA LEI 12086.

                         


DEPUTADO LAERTE BESSA CONVOCA AUDIÊNCIA PÚBLICA COM PMs e CBMs para discutira plano de carreira das duas categorias. 

O deputado Laerte Bessa comprou a briga dos praças quando relador do projeto 5664/2009, o qual não abria mão das emendas que lhe apresentamos por entender que elas ajudariam a melhorar a vidas dos praças da PMDF e CBMDF, sofrendo muita pressão para que retirasse as emendas do projeto, o mesmo convocou uma audiência pública na câmara dos deputados para debater o projeto e ver se a categoria estava com ele naquele momento, ao ver o plenário da câmara cheio de policiais e bombeiros em sua grande maioria composta por praças não teve dúvida e afirmou: "Não abrirei mão das emendas", e assim o fez, no dia 21 de outubro, dia do meu aniversário, inciou a votação do projeto por volta das 22:00 horas, naquele dia quis Deus que o deputado Laerte Bessa assinasse a favor da abertura de uma CPI, contra os sem terra, o deputado Romero Junca, solicitou ao Bessa que ele retirasse a sua assinatura em favor da abertura da CPI, e o mesmo só concordou quando o então líder do governo concordou em colocar para votação o projeto de reestruturação com as emendas propostas por ele, e assim foi feito, terminando a votação  na madrugada do dia 22 de outubro com a aprovação do projeto com o plenário da câmara do deputados lotado por policiais e bombeiros, conforme foto abaixo que ao términou carregaram o deputado Laerte Bessa nos braços. Após aprovação na câmara o projeto seguiu para o senado federal.

Um dia inesquecível para todos nós que tanto lutamos para ver o projeto aprovado.

Após aprovação na câmara o projeto seguiu para o senado federal onde o Senador Gim Argelo em 24:00 horas colocou o projeto para votação naquela casa e foi aprovado, agora como lei 12086j, conforme foto abaixo.


No dia 09 de dezembro de 2009, a categoria foi convocada a comparecer no ginásio Nilson Nelson, onde suas dependências ficaram lotadas por policiais e bombeiros da Capital da República que viram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionar a Lei 12086.

Estamos no período eleitoral, portanto é bom que todos saibam que o projeto da Lei 12086 foi encaminhada pelo então governador Arruda, teve como relator o Deputado Laerte Bessa que teve participação decisiva para que passasse na câmara dos deputados com as emendas que veio ajudar a melhorar a vida dos praças da PMDF E CBMDF, e  o desfecho com votação em tempo recorde no senado federal ficou por conta do senador Gim Argelo, portanto, nunca é tarde para lembrar que esta lei ajudou a promover mais de 20 mil policiais e bombeiros militares, implantou o curso de altos estudos para praças, possibilitou o policial com restrição médica ser promovido, proporcionou a venda das Licenças Especiais não gozadas ao passar para a inatividade, promoção só por antiguidade para praças entre outros benefícios, portanto, quando acusarem um desses de ladrão ou de não serem policiais militares não merecendo os votos de vocês e seus familiares, não esquecem que eles ajudaram a mudar suas vidas para melhor, fiquem com Deus, na próxima edição contarei como surgiu a OPERAÇÃO TARTARUGA.








                                       

sexta-feira, 4 de julho de 2014

CANDIDATURA CONFIRMADA, AGORA É PARA VALER, REVISTA ELETRÔNICA 118

Boa noite a todos, estou preparando a matéria da história de lutas do Ricardo Pato em favor da categoria que será publica até segunda-feira, assistam a revista eletrônica e os vídeos de apoio a candidatura do Ricardo Pato.

REVISTA ELETRÔNICA 118, A HORA DA VERDADE CHEGOU

ST RICARDO PATO SE DESPEDE DOS AMIGOS DO OITAVO BATALHÃO E DA PMDF.


 

CAFÉ DA MANHA COM LAERTE BESSA E OS AMIGOS QUE IRÃO TRABALHAR NA CAMPANHA DO
 ST RICARDO PATO

sexta-feira, 27 de junho de 2014

REVISTA ELETRÔNICA 117, A HISTÓRIA DAS LUTAS CONTINUAM

 Ao final da história de lutas não deixem de assistir a revista eletrônica 117.

Boa noite a todos que acompanham meu blog. hoje estarei levando ao conhecimento dos senhores a segunda parte da trajetória de lutas que travei em favor da família policia e bombeiros do Distrito Federal, as quais avançamos em nossas conquistas. Minha entrada definitiva para a vida política aconteceu no ano de 1999, quando me candidatei as eleições do CRESSPOM, (Clube Recreativo e Esportivo dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar, ainda inexperiente nesta área me lancei, era terceiro sargento, o resultado naquele momento não podia ser outro, perdemos as eleições, mas as propostas as quais lancei na minha plataforma nunca desisti de aprová-las e ali começou uma luta que dura até os dias de hoje, por que ainda não foram concretizadas em suas totalidades. Neste ano, defendia a promoção só por antiguidade para os praças, diminuição do interstício e ampliação do quadro para dar mais fluidez nas promoções de todos nós praças, isso só veio acontecer dez anos mais tarde com a aprovação da lei 12086 a qual fiz parte da sua elaboração e que contarei em uma próxima publicação  também defendia o  pagamento do auxílio fardamento anual para os subtenentes e sargentos como acontecia com os cabos e soldados, pois nós só recebíamos de quatro em quatro anos, naquele mesmo ano fui ao gabinete do então deputado distrital  João de Deus juntamente com o sargento Flazão (hoje capitão QOPMA REFORMADO) e cobramos dele um projeto que aprovasse nossa reivindicação em favor dos sargentos da PM e do Corpo de Bombeiros, o  mesmo acatou a solicitação e hoje todos nós recebemos o auxílio fardamento anual, policiais militares e bombeiros, gostaria de ressaltar que o benefício foi estendido a todos  oficiais das duas corporações.

Os fatos que narro acima estão publicados no jornalzinho que fizemos para divulgar nossa chapa que concorreu as eleições do Cresspom em 1999.






Nesta outra parte vou mostrar a todos as lutas pelos reajustes salariais ocorridas de 2004 até 2008 onde já com a existência do FÓRUM DAS ASSOCIAÇÕES o qual fiz parte da primeira diretoria como secretário tendo como COORDENADOR O PRIMEIRO TENENTE REFORMADO UBIRATAN.



No ano de 2004 o Fórum das associações lutava pela criação da GCEF, ampliação do nosso quadro e elevação do quadro dos oficiais administrativos, músicos e especialistas até major. Neste ano, participamos de uma reunião na residência oficial de Àguas Claras com o então governador Joaquim Roriz onde iniciamos a luta pela aprovação das nossas proposições.

FOTO DA REUNIÃO REALIZADA NA RESIDÊNCIA OFICIAL EM ÁGUAS CLARAS NO DIA 08 DE DEZEMBRO DE 2004.


Em 2005 conseguimos o reajuste salarial de 17% para os policiais e bombeiros do Distrito Federal, nesta ocasião voltamos a nos reunir na residência oficial de àguas claras para agradecermos o governador Roriz.


 Em 2006 os cabos e soldados da PM e CBM obtiveram o maior reajuste salarial concedido aos praças até o dia de hoje 32%  (trinta e dois porcento) e para os oficiais 19%, somando aos reajuste elevamos o quadro dos praças até major e obtivemos mais de quatro mil promoções, portanto, encerrávamos aquela luta que havia começado em 2004 e que só veio findar em 2006, com dinheiro no bolso, promoção e a consolidação do Fórum das Associações como um colegiado de presidentes de associações reconhecidos pelo governo do Distrito Federal e os comandos das duas corporações como representantes legítimos dos policiais militares e bombeiros militares de Brasília nas negociações salariais dos policiais e bombeiros da capital da república.

FOTO TIRADA NO CONGRESSO NACIONAL MOMENTOS APÓS A APROVAÇÃO DA LEI 11.134





 No ano de 2007 no governo Arruda voltamos a sentar na mesa de negociações com o governo e conseguimos 8,40% de reajuste salarial, mais R$150,00 de abono, a VPE e iniciamos a luta pelo projeto policial do futuro. 











 Em 2008, lutamos pelo projeto policial do futuro o qual disponibilizou a todos os policiais militares o direito de fazer o 3º grau concluindo o curso como gestor de segurança pública, tudo custeado pelo governo, hoje, 95% dos nossos policiais possuem curso superior e não foram mais motivos de piadas quando chegavam nas delegacias e muitas vezes eram chamados de quarta série, naquele ano fomos ao governador Arruda e solicitamos disponibilização de verba para o pagamento da formação dos nossos policiais o que veio acontecer e hoje podemos nos orgulharmos de possuirmos um diploma de formação do terceiro grau, também naquele ano conseguimos o repasse do Fundo constitucional no percentual de 14,8% de reajuste para os policiais e bombeiro, com estas conquistas encerrei meu mandato como secretário do Fórum das Associações, como todos puderam comprovar através deste arquivo que guardo com muito carinho a veracidade de tudo que falo, na próxima edição, contarei a saga que travamos para a aprovação da lei 12086, gostaria de encerrar solicitando aos companheiros que verificassem em seus contra cheques se realmente foi criada as gratificações que foram citadas e quais os valores delas, por que tem muita gente que não conhece essas lutas por que nunca participaram de nada e dizem que é mentira, aqui a história está sendo contada e provada com fotos e arquivos, fiquem todos com Deus e até a próxima edição. 





REVISTA ELETRÔNICA 117, CUIDADO COM OS TAPINHAS NAS COSTAS.










Convenção do Partido da República – Distrito Federal

PR-DF2014





 O PR-DF realiza sua convenção neste domingo, 29, para aclamar o atual líder em todas as pesquisas de opinião, José Roberto Arruda, como seu candidato a governador do Distrito Federal.
A convenção será realizada em conjunto com PTB,DEM e PMN. O senador Gim Argello será aclamado candidato ao Senado pelo PTB-DF.
Onde: Ginásio Serejinho (Taguatinga)
Quando: Domingo, 29 de junho
Que horas: A partir das 9h

sexta-feira, 20 de junho de 2014

REVISTA ELETRÔNICA 116, JUSTIÇA ERRA E CONDENA RICARDO PATO

Boa noite amigos que acompanham o meu blog. hoje na revista eletrônica mostrarei o erro que ocorreu quando me condenaram a 4 anos e oito meses por assalto a mão armada, também nesta publicação mostrarei parte da minha trajetória em lutas que veio a terminar com benefícios para nossos policiais e bombeiros e solicito a todos que leiam a matéria que faço sobre  o andamento das obras que a CABE está construindo em Caldas Novas. Está imperdível.

REVISTA ELETRÔNICA 116, ASSISTAM E VEJAM O ERRO OCORRIDO NA MINHA CONDENAÇÃO

A partir de hoje iniciarei uma série de publicações da minha trajetória de lutas em favor das duas corporações e que veio trazer benefícios para nossos policiais e bombeiros do DF do soldado mais moderno ao coronel mais antigo, não percam a oportunidade de conhecer uma história a qual tenho orgulho de ter ajudado a melhorar a vida dos meus companheiros de profissão.

ESSA FOTO FOI TIRADA DO FUNDO DO BAÚ. FORMATURA DO MEU CURSO DE CABO EM 1990.

Sou oriundo da antiga Companhia de Polícia de Choque, formado em 1986, onde, em 1987 minha turma fundou a PATAMO, patrulhamento tático móvel, o qual fiquei de 1986 a 1989, em 1990 fui fazer o curso de motomecanização onde, após o curso fiquei lotado no CSM, centro de suprimento e manutenção de polícia militar, no mesmo ano, passei na prova e fui fazer o curso de cabo no 3º Batalhão, esse curso ficou conhecido e é conhecido até hoje como o curso do poste, devido a revolta que aconteceu por parte de nós alunos contra o tratamento que estavam tendo conosco durante a realização do curso, o ápice da nossa revolta se deu em uma véspera de feriado onde estávamos todos prontos para irmos para nossas casas foi quando  apareceu o coordenador do curso na época o CAPITÃO JUAN, o qual informou que só íamos embora após retirarmos um poste que estava caído no pátio do quartel devido a colisão de um veículo ao mesmo, até aí tudo bem, mas, passada muitas horas e o massacre psicológico e físico pelo qual estávamos passando, devido a tentativa sem sucesso da retirada do poste e a cada volta que dávamos com o poste também nos era imputado como castigo uma volta no quartel, teve uma hora que chegou o momento do basta, foi quando o capitão Juan determinou que todos os alunos dessem mais uma volta uma volta correndo no quartel, isso após horas exaustivas na tentativa de retirar o poste, naquele momento, todos fomos unânimes a não obedecer, por que já não tínhamos mais forças e estávamos nos sentindo humilhados, o mesmo nos ameaçou e mandou prender um dos alunos na cela, foi o que faltava para a revolta tomar conta de todos, ao ameaçar prender mais companheiros todos nós nos revoltamos e desistimos de irmos embora, sentamos na saída do quartel e não deixamos mais ninguém entrar e tão pouco sair, compareceu no quartel o governador da época, CRISTOVAM BUARQUE e o DEPUTADO DISTRITAL ELEITO JOÃO DE DEUS, resultado, fomos todos liberados naquele final de semana, o coordenador do curso caiu, e o governador CRISTOVAM ordenou o fim das prisões nos quarteis, passamos a ter o direito do contraditório, a ambra defesa, e também acabou o conhecido disse que, a partir daquele dia nunca mais deixei de lutar pelos nossos direitos, olha que naquela época o RDE era utilizado com muito mais rigor, dali começou surgir RICARDO PATO, como aprendiz de liderança. Após o ocorrido, nos formamos sem festa de formatura e cada um seguiu seu destino, aos amigos daquele curso que acompanham meu blog. um grande abraço, saudades de todos. Na próxima edição todos saberão como foi minha primeira candidatura a um pleito eleitoral interno. Fiquem todos com Deus.


CONFIRAM COMO ESTÁ O ANDAMENTO DAS OBRAS DA CABE EM CALDAS NOVAS-GO


 Atendendo a pedidos de amigos que adquiriram apartamentos no complexo aquático que está sendo construído na cidade de Caldas Novas, fui ao local e constatei o seguinte:

Fui informado pelo engenheiro da obra que me acompanhou na visita e me mostrou todo andamento da construção, o mesmo disse que a empresa responsável pela obra independe de dinheiro da CABE para concluir o complexo, e que todos que adquiriram seus apartamento e suas cotas podem ficar tranquilos que serão entregues no tempo previsto. Confesso que fiquei satisfeito com o que vi, a construção depois de pronta ficará muito bonita e será um ótimo lugar para nossos policiais e bombeiros passarem férias, feriados e finais de semanas, vale a pena fazer uma visita, portanto, os companheiros que adquiriram seus imóveis e suas cotas podem conferir como está o andamento das obras e como ficará após a conclusão prevista para 2016.












VEJAM COMO FICARÁ APÓS A CONCLUSÃO DA OBRA EM 2016.